Páginas

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Usina Massauassu

   







         Situa-se às margens da Rodovia-PE 45 distante 87,5 KM da sede do município de Escada.
Foi fundada em 1890, nas terras do senhor de engenho Marcionilo da Silveira lins, daí ter sido registrada, inicialmente como Silveira Lins e filhos. 24 anos depois da sua inauguração, Zenóbio Marques da Silveira Lins, filho mais novo do Sr. Marcionilo, passou a Usina para o Sr. José Henrique Carneiro da Cunha, que entre 1916 e 1917 associou-se ao seu cunhado Oscar Amorim e ao seu irmão Oscar Barardo Carneiro da Cunha.
        Em 1929, a sociedade já tinha se desfeito. Apenas José Henrique Carneiro da Cunha continuava sendo proprietário nesta época. A usina possuía 09 propriedades agrícolas, que produziam 50.000 toneladas de cana por ano. Sua capacidade de produção diária era de 7.000 litros de álcool, e 500 toneladas de cana. Em época de moagem chegavam a trabalhar uma média de 150 funcionários, e era permanentemente proibida a contratação de estrangeiros bem como mulheres e menores de 18 anos.
        Possuía uma via férrea com 60 km de extensão, 3 locomotivas e 84 carros vagões. Mantinha duas  escolas em atividades com uma média de 60 crianças matriculadas.
         Em 1987, ano em que foi desativada, chegou a produzir 569.220 sacos de açúcar de 50 kg cada.
Hoje, pertence ao espólio do Sr. Rui Carneiro da Cunha. O povoado se desenvolveu assim como seu pequeno comércio, formado por antigos trabalhadores .
         Destaca-se no povoado a antiga casa-grande em 1833, embora na fachada se aviste  a data de 1926. A mesma encontra-se em péssimo estado de conservação. E, a igreja dedicada a N. Sra. do Carmo, construída no início do século XX, com características eclética, possuindo uma torre central encimada por uma cruz de ferro.

Livro: Escada, Riqueza de Pernambuco
Autor: Luís Minduca

3 comentários:

  1. Muito interessantes estes resgates, trazendo-nos de volta tempos tão remotos que somente através da história podemos conhecer.

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde

    Gente meu pai nasceu em ESCADA , no entanto mas de 28 anos que nao volta.
    Ele fala muito desta usina que infelizmente meu avo se matou,quando ele era muito pequeno.
    Gostaria de saber se tem algum tio..primo por la..ainda .
    E mas fotos para mostrar pra ele.
    meu avo se chamava JOÃO VICENTE FERREIRA.
    Aguardo noticias.
    Belo Blog.

    ResponderExcluir
  3. Olá.Eu também vivi uma história parecida com a sua,então resolvemos junto com os meus irmão fazer um passeio e levar o nosso pai para rever aqueles lugares,foi a melhor coisa que fizemos,lá ele ainda encontrou muitos filhos de conhecidos.É possível que vc encontre muitos de sua parentela por lá.

    ResponderExcluir